Siga o blog por email

Seguidores do Blog

terça-feira, 31 de julho de 2012

Inscrições abertas para cursos de Especialização a distância

Estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo das turmas 2012 dos cursos de pós graduação a distância do Lante/UFF. 
Os cursos ofertados são: Novas Tecnologias Ensino de Matemática (NTEM) e Planejamento Implementação Gestão da EaD (PIGEAD). 
Mais informações no site: http://www.lante.uff.br

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Faculdade de Educação da Unicamp oferece curso a distância sobre objetos de aprendizagem

Estão abertas até 31 de julho as inscrições para o curso de extensão “Utilização de objetos de aprendizagem em sala de aula mediatizado pelas tecnologias digitais”, oferecido pelo Laboratório de Novas Tecnologias Aplicadas na Educação (Lantec) da Faculdade de Educação da Unicamp. Gratuito e a distância, o curso é direcionado a professores de espanhol do ensino médio. O programa tem como justificativa a carência na divulgação de conhecimentos com relação à utilização de recursos digitais, denominada de objetos de aprendizagem aplicados na educação. Mais informações na página http://lantec.fae.unicamp.br.

FONTE: Lista EDUMED

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Seleção de Tutoras/es Presenciais para curso a distância - BA


UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS
PROGRAMA A COR DA BAHIA



EDITAL DE SELEÇÃO DE TUTORAS/ES PRESENCIAIS


O Programa A Cor da Bahia, da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH), da Universidade Federal da Bahia (UFBA), comunica que estarão abertas, no período de 23 de julho a 23 de agosto, as inscrições para o Processo de Seleção de Tutores/as Presenciais do Curso de Formação para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileiras, na modalidade Aperfeiçoamento, com carga horária de 180(cento e oitenta) horas.


1.            DISPOSIÇÕES GERAIS

1.1.      O presente documento rege o processo de seleção de Tutores/as Presenciais do Curso de Formação para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileiras, oferecido na modalidade a distância pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em parceria com o Ministério da Educação, através da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI) e do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB).
1.2.      Os/As Tutores/as serão selecionados/as com base nos critérios estabelecidos no presente documento.
1.3.      O/A candidato/a que, por qualquer motivo, deixar de atender às normas e às recomendações estabelecidas será automaticamente eliminado/a do processo de seleção.
1.4.      Após seleção, se o/a candidato/a for aprovado/a, estará ciente do perfil e atribuições dos/as Tutores/as, conforme orientações descritas nos itens 2 e 3.
1.5.      O/A Tutor/a que, após a seleção, não desempenhar suas funções conforme as diretrizes do curso, será automaticamente desligado/a.
1.6.      O/A Tutor/a selecionado/a não terá vínculo empregatício com a UFBA.


2.         PERFIL DOS/AS CANDIDATOS/AS

2.1       No ato da inscrição, o/a candidato/a deverá apresentar o seguinte perfil:

§          Possuir formação em nível de pós-graduação (no mínimo, Especialização) com especialização nas áreas de Educação e Relações Étnico-raciais, História e Cultura Afro-brasileiras, Estudos Étnicos e Africanos ou Literatura Afro-brasileira;
§          Ter conhecimento e experiência mínima de 1(um) ano em atividades típicas de ensino (nível médio ou superior);
§          Ser docente ou estudante de pós-graduação da Universidade Federal da Bahia.
§          Residir no município onde se localiza o pólo onde exercerá as atividades de Tutor/a (Camaçari, Lauro de Freitas, Simões Filho ou Mata de São João).

2.2       Para a realização do trabalho, o/a candidato/a deverá:

§          dispor de 20(vinte) horas semanais para acompanhamento da turma sob sua responsabilidade;
§          observar critérios éticos que permitam estabelecer uma comunicação eficaz com a coordenação, com o/a Professor/a Formador/a e com os/as demais colegas de trabalho, a fim de estimular a criação de um ambiente que favoreça o processo de aprendizagem de todos.
§          participar de reuniões em horários a serem definido pela Coordenação do Curso;
§          ter abertura e flexibilidade, pois o seu trabalho estará sujeito a críticas e sugestões.
§          possuir acesso rápido e contínuo à Internet.


3.         DAS ATRIBUIÇÕES DOS/AS TUTORES/AS

3.1            Participar de reuniões presenciais com a coordenação, quando solicitado;
3.2            Participar do Curso de Formação de Tutores, antes do início do curso;
3.3               Participar de reuniões com o Professor/a Formador/a de cada Módulo, sempre que solicitado;
3.4            Conhecer o cronograma de estudo e de avaliações da turma sob sua responsabilidade;
3.5       Orientar os estudantes na busca das informações necessárias para a construção do conhecimento e para o alcance da autonomia como estudante de educação à distância;
3.6            Acompanhar e dirimir presencialmente, nos pólos, as dúvidas dos estudantes nas atividades realizadas através do Ambiente Virtual de Aprendizagem(AVA), certificando-se de que a dúvida foi sanada;
3.7            Encorajar e auxiliar os estudantes na busca de informações adicionais nas mais diversas fontes de informação: bibliotecas virtuais, endereços eletrônicos, bibliotecas etc.;
3.8       Orientar os estudantes sobre a importância da utilização de todos os recursos oferecidos no AVA para a aprendizagem;
3.9            Comunicar-se com os alunos que não recorrem à tutoria ou que não realizam as atividades e avaliações, através de e-mail e/ou telefone;
3.10            Respeitar os princípios da ética nas discussões com os/as cursistas e colegas de equipe;
3.11            Realizar, com pontualidade, as atividades previstas para a turma sob sua responsabilidade;
3.12            Acompanhar e atualizar as informações pertinentes à sua turma na plataforma;
3.13            Apresentar um relatório de atividades ao final de cada Módulo à Coordenação do Curso com o registro da participação do estudante, suas principais dúvidas e respectivas orientações e encaminhamentos e registros de informações sobre os tipos e os níveis de dificuldades que os estudantes apresentam em relação a tópicos dos módulo e respectivo material didático.


4.         DOS CARGOS E DAS VAGAS

4.1       Cargo: Tutores/as Presenciais.
4.2               Vagas: 6(seis), sendo 1(uma) para cada um dos municípios a seguir: Camaçari, Lauro de Freitas, Simões Filho e Mata de São João.
4.3            Remuneração: bolsa mensal no valor de R$ 765,00 (setecentos e sessenta e cinco reais).
4.4            Requisitos Básicos:
§          Ser brasileiro/a nato/a ou naturalizado/a;
§          Possuir, no mínimo, Especialização em História e Cultura Afro-brasileiras ou áreas afins à temática do curso.
§          Possuir, preferencialmente, experiência docente em programas de educação a distância;
§          Ter familiaridade e acesso à Internet;
§          Ser docente ou estudante de pós-graduação da Universidade Federal da Bahia.
§          Residir no município onde se localiza o pólo onde exercerá as atividades de Tutor/a.

5.            INSCRIÇÕES

5.1       As inscrições poderão ser feitas através do e-mail educacaoafrobahia2012@bol.com.br :
§          Período de inscrições: 23 de julho a 23 de agosto de 2012
§          Divulgação do resultado da primeira etapa seleção: 27 de agosto de 2012
§          Reunião com a equipe do curso (14 às 17h) no Programa A Cor da Bahia: 31 de agosto de 2012
§          Curso de Formação de Tutores: de 03 a 28 de setembro de 2012
5.2            Documentos exigidos para inscrição:
a)       Formulário de inscrição preenchido (solicitar através do e-mail educacaoafrobahia2012@bol.com.br );
b)       Currículo Lattes atualizado.


6.            PROCESSO DE SELEÇÃO

6.1       O processo de seleção será realizado em 02 (duas) etapas:
1ª etapa: Análise Curricular;
2ª etapa: Curso de Formação de Tutores/as.
6.2       Após a análise curricular, serão selecionados/as 12(doze) candidatos/as para participação no Curso de Formação de Tutores/as. Dos 12(doze) selecionados/as para participação no Curso de Formação de Tutores/as, serão escolhidos/as 6(seis) com melhor desempenho.
6.3       Em caso de empate, na classificação final, terá preferência o/a candidato/a que tiver:
I) Maior Titulação na área do curso, considerada a Titulação em andamento.
II) Maior tempo de experiência em EAD.
III) Graduação em curso de Licenciatura.
IV) Maior tempo de atuação como docente do Ensino Superior.
V) Maior idade.
6.4       O resultado final será divulgado pela Coordenação do Curso no site do Programa A Cor da Bahia (http://www.acordabahia.ufba.br/).


7.         DA CONTRATAÇÃO

7.1            Requisitos para contratação
§          Ter nacionalidade brasileira ou estrangeira com situação regular no País;
§          Estar quite com as obrigações eleitorais;
§          Estar quite com as obrigações militares, para os candidato/as do sexo masculino;
§          Disponibilidade de, no mínimo, 20 (vinte) horas semanais, para desenvolver atividades.
§          Residir no município onde se localiza o pólo onde exercerá as atividades de Tutor/a.
7.2            Documentos para contratação:
§          Cópias do RG, CPF, Título de Eleitor com o certificado de votação na última eleição, Carteira de Trabalho, Certificado de Reservista (candidatos do sexo masculino) e comprovante de residência (conta de luz ou telefone);
§          Cópias dos diplomas de Graduação e Pós-graduação (frente e verso) autenticadas em cartório;
§          Currículo Lattes atualizado.


8.         DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

8.1       A Coordenação do Curso de Formação para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileiras poderá, a qualquer momento, determinar a suspensão do pagamento do/a Tutor/a que não cumprir suas atribuições.
8.2       Os casos omissos serão resolvidos pela Coordenação do Curso de Formação para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileiras.
8.3       A constatação de quaisquer irregularidades na documentação implicará a desclassificação do/a candidato/a/a, a qualquer tempo, sem prejuízo das medidas legais cabíveis.
8.4       Em caso de desligamento da Tutor/a, será convocado/a o/a próximo/a candidato/a na ordem de classificação.


Salvador, 23 de julho de 2012.


PAULA CRISTINA DA SILVA BARRETO
Coordenadora do Programa A Cor da Bahia


PROGRAMA A COR DA BAHIA
Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas
Estrada de São Lázaro, 197, Salvador – BA, CEP 40.210-730

sábado, 21 de julho de 2012

Professor lança projeto gratuito para capacitação em webconferências

Público-alvo são alunos e professores de escolas públicas ou que utilizam a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa
Da revista Ache Seu Curso
     O professor Sandro Ribeiro, de Volta Redonda (RJ) lançou o projeto "Aluno mestre on line", cuja proposta é capacitar alunos e professores de escolas públicas de todo o Brasil para a utilização de webconferências. O objetivo é que os alunos possam, com o auxílio dos professores, participar do reforço escolar online, inclusive auxiliando na tutoria de colegas. Para isso, ele disponibilizou no site da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) uma série de aulas nas quais ele palestra e expõe material iconográfico sobre como proceder para utilizar equipamentos de webconferências. Ele foca no público-alvo do projeto Proinfo, do Governo Federal, que instala equipamentos para uso de escolas públicas.

     A disponibilização das aulas pelo sistema e pela plataforma do RNP permite a exibição, ao mesmo tempo, da fala de Ribeiro, do material iconográfico e também dos diálogos realizados pelo grupo que acompanhou as aulas. Ribeiro adota uma linguagem básica e articula o roteiro das aulas de modo a ensinar alunos e professores que ainda não são técnicos ou não têm experiência com esse tipo de atividade a distância. Entre os temas do curso, estão o compartilhamento da internet, instalação de equipamentos e softwares, organização das informações, diferenças entre os navegadores etc.

     As quatro primeiras lições disponíveis pelo projeto  são as seguintes:
Proinfo Integrado (disponível no endereçohttp://webconf.rnp.br/p31144273/)
Administração do Linux (http://webconf.rnp.br/p61894013/)

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Seleção de Professoras/es Autoras/es para curso a distância - BA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS
PROGRAMA A COR DA BAHIA

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROFESSORAS/ES AUTORAS/ES

O Programa A Cor da Bahia, da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, da Universidade Federal da Bahia (UFBA) comunica que estarão abertas, no período de 20 julho a 18 de agosto de 2012, as inscrições para o Processo de Seleção de Professoras/es Autoras/es de materiais didáticos do Curso de Formação para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileiras, na modalidade Aperfeiçoamento, com carga horária de 180(cento e oitenta) horas.


1.         DISPOSIÇÕES GERAIS

1.1.      O presente documento rege o processo de seleção de Professores/as Autores/as de materiais didáticos do Curso de Formação para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileiras, oferecido na modalidade a distância pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em parceria com o Ministério da Educação, através da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (SECAD) / Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB).
1.2.      Os/As professores/as serão selecionados/as com base nos critérios estabelecidos no presente documento.
1.3.      O/A candidata/o que, por qualquer motivo, deixar de atender às normas e às recomendações estabelecidas será automaticamente eliminado/a do processo de seleção.
1.4.      Após seleção, se o candidata/o for aprovado/a, estará ciente das atribuições, competências e habilidades dos/as Professores/as Autores/as, conforme orientações descritas nos itens 2 e 3.
1.5.      O/A Professor/a Autor/a que, após a seleção, não desempenhar suas funções no exercício da produção de materiais didáticos para educação a distância conforme as diretrizes propostas pela Coordenação, será automaticamente desligado/a.
1.6.      O/A Professor/a Autor/a selecionado não terá vínculo empregatício com a UFBA.
1.7.             O/A Professor/a Autor/a deverá respeitar os princípios éticos para a publicação indicando todas as referências utilizadas para produção de material didático, de acordo com as normas da ABNT. Quaisquer casos de cópia ou plágio de trabalhos científicos serão de inteira responsabilidade do Professor/a Autor/a, o qual irá responder judicialmente.


2.         PERFIS DOS/AS CANDIDATAS/OS

2.1       No ato da inscrição, os/as candidatas/os deverão apresentar os seguintes perfis:

Perfil 01 – História da África, História do Negro no Brasil e Literatura Afro-brasileira


§          Possuir formação em nível de pós-graduação (no mínimo, Mestrado) na área de conhecimento para a qual estiver se candidatando;
§          Ter conhecimento e experiência mínima de 2(dois) anos em atividades típicas de ensino e desenvolvimento de pesquisas na área para a qual estiver se candidatando;
§          Ter experiência na produção de materiais didáticos para Educação a Distância ou, não tendo esta experiência, permitir que o material produzido seja adaptado para esta modalidade.
§          Ser docente ou estudante de pós-graduação (Doutorado), preferencialmente da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Áreas de formação das/os candidatas/os:

§          História da África (Área de formação do/a profissional: História ou Estudos Étnicos e Africanos)
§          História do Negro no Brasil (Área de formação do/a profissional: História ou Estudos Étnicos e Africanos)
§          Literatura Afro-brasileira e Africana (Área de formação do/a profissional: Letras ou Estudos Étnicos e Africanos)

Perfil 02 – Educação e Relações Étnicorraciais


§          Possuir formação em nível de pós-graduação (Mestrado, no mínimo) em Pedagogia ou Estudos Étnicos e Africanos;
§          Ter conhecimento e experiência mínima de 2(dois) anos em atividades típicas de ensino e desenvolvimento de projetos de pesquisa voltados para as questões que envolvem Educação e Relações Étnicorraciais;
§          Ter experiência na produção de materiais didáticos para Educação a Distância ou, não tendo esta experiência, permitir que o material produzido seja adaptado para esta modalidade.
§          Ser docente ou estudante de pós-graduação (Doutorado), preferencialmente da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

2.2       Para a realização do trabalho, o/a candidata/o deverá:

§          observar critérios éticos que permitam estabelecer uma comunicação eficaz com a coordenação, o/a Professor/a Formador/a e demais colegas de trabalho, a fim de estimular a criação de um ambiente que favoreça o processo de aprendizagem de todos.
§          dispor de tempo para elaboração dos textos e atividades do Módulo sob sua responsabilidade;
§          participar de reuniões em datas e horários a serem combinados com a Coordenação do Curso;
§          dispor de tempo para discutir com o/a Professor/a Formador/a a respeito da utilização dos recursos para a aprendizagem, tais como: seleção de textos e outros materiais didáticos disponíveis no ambiente, atividades práticas de pesquisa, entre outros.
§          ter abertura e flexibilidade, pois o seu trabalho estará sujeito a críticas e sugestões de alteração.
§          possuir acesso rápido e contínuo à Internet.


3.         DAS ATRIBUIÇÕES DOS/AS PROFESSORES/AS AUTORES/AS DE MATERIAIS DIDÁTICOS PARA EDUCAÇAO A DISTÂNCIA

3.1       Participar de reuniões presenciais com a coordenação, quando solicitado.
3.2       Participar de reuniões com o Professor/a Formador/a da disciplina, sempre que solicitado. É importante que o/a Professor/a Autor/a e o/a Professor/a Formador/a interajam durante o processo de elaboração dos conteúdos.
3.3       Respeitar os princípios da ética nos debates nas discussões dos conteúdos do curso.
3.4       Elaborar os conteúdos programáticos para publicação atentando aos princípios dos direitos autorais.
3.5       Realizar, com pontualidade, as atividades previstas no planejamento do material didático sob sua responsabilidade.
3.6       Colaborar com o/a revisor/a do conteúdo e, quando necessário, fazer os ajustes necessários no material produzido.
3.7               Produzir um material didático que motive e desperte a autonomia para os usos das ferramentas do ambiente virtual, a criatividade e a criticidade do cursista.
§          Material didático planejado para 4 semanas (30 horas), nos casos dos/as Professores/as Autores/as de História da África, História do Negro no Brasil ou Literatura Afro-brasileira e Africana, com um número mínimo de 80(oitenta) e máximo de 100(cem) laudas;
§          Material didático planejado para 6 semanas (40 horas), no caso do/a Professor/a Autor/a de Educação e Relações Étnicorraciais, com um número mínimo de 120(cento e vinte) e máximo de 150(cento e cinquenta) laudas;
3.8       O material didático deverá ser apresentado da seguinte forma:
a)       Textos básicos de 20(vinte) a 25(vinte e cinco) páginas cada, abordando os temas definidos (1 texto básico = 1 unidade/semana).
Estrutura do texto básico:
§          Apresentação do Módulo
§          Conteúdo das unidades.
Cada Unidade deverá ser composta por:
Resumo geral (lista de tópicos e objetivos de aprendizagem[1] da unidade)
Desenvolvimento (dividido em tópicos)
Referências bibliográficas
Indicação de leitura complementar
Indicação de material de apoio (mapas, glossário, textos etc.)
Sugestões de atividades com os conteúdos

3.9        Utilizar referências bibliográficas e indicar bibliografia complementar acessíveis aos cursistas.
3.10      O/A Professor/a Autor/a deverá finalizar e entregar o material didático em, no máximo, 2(dois) meses após a contratação.
3.11      O/A candidato/a poderá consultar o guia “Diretrizes para elaboração do material didático do curso a distância”, disponível no Programa A Cor da Bahia, para construção da sua proposta.


4.         DOS CARGOS E DAS VAGAS

4.1       Cargo: Professor/a Autor/a de material didático para educação à distância.
4.2               Vagas:
1 (uma) vaga para Professor/a Autor/a de História da África.
1 (uma) vaga para Professor/a Autor/a de História do Negro no Brasil.
1 (uma) vaga para Professor/a Autor/a de Literatura Afro-brasileira.
1 (uma) vaga para Professor/a Autor/a de Educação e Relações Étnicorraciais.
4.7       Remuneração:
§          3(três) bolsas de R$ 1.300,00 (um mil e trezentos reais), para as vagas de Professor/a Autor/a de História da África, História do Negro no Brasil ou Literatura Afro-brasileira e Africana, pagas mensalmente após a entrega e aprovação do material didático pela Coordenação do curso.
§          4(quatro) bolsas de R$ 1.300,00 (um mil e trezentos reais), para a vaga de Professor/a Autor/a de Educação e Relações Étnicorraciais, pagas mensalmente após a entrega e aprovação do material didático pela Coordenação do curso.
4.8       Requisitos Básicos:
§          Ser brasileiro/a nato/a ou naturalizado/a;
§          Possuir, no mínimo, Mestrado na área relativa à vaga para a qual se candidata.
§          Ter familiaridade e acesso à Internet;
§          Possuir, preferencialmente, experiência docente em programas de educação a distância;
  • Ser docente ou estudante de pós-graduação (Doutorado), preferencialmente da Universidade Federal da Bahia (UFBA).


5.         INSCRIÇÕES

5.1       As inscrições poderão ser feitas no Programa A Cor da Bahia e seguirão o cronograma abaixo:
20/07 a 18/08/2012 – Período de inscrições
20 e 21/08/2012 - Seleção de Professores Autores
22/08/2012 - Divulgação do resultado da seleção
23/08/2012 - Reunião com a Coordenação do Curso (9h às 13h) no Programa a Cor da Bahia, na Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFBA.
5.2.      Documentos exigidos para inscrição:
a)       Formulário de inscrição preenchido;
b)       Curriculum vitae com comprovação de experiência (anexar cópias dos comprovantes);
c)       Plano de Conteúdos propostos para o Módulo correspondente à área para a qual se candidata (solicitar através do e-mail educacaoafrobahia2012@bol.com.br).


6.         PROCESSO DE SELEÇÃO

6.1.      O processo de seleção será realizado em 03 (três) etapas:
1º.     Inscrição do/a candidata/o (preenchimento do formulário de inscrição e apresentação do Plano de Conteúdos e dos documentos comprobatórios);
2º.     Análise Curricular e do Plano de Conteúdos;
3º.     Entrevista.
6.2.      No caso de empate, na classificação final, terá preferência o candidata/o que tiver:
I) maior Titulação na área do curso, considerada a Titulação em andamento.
II) maior experiência em EAD
III) graduação em curso de Licenciatura
IV) maior tempo de atuação como docente do Ensino Superior.
V) maior número de publicações na área do curso em que pretende atuar.
VI) maior idade.
6.3.      O resultado final será divulgado pela Coordenação do Curso na Internet.


7.         DO VÍNCULO COM O CURSO

7.1.      A/O participante selecionada/o será vinculado ao curso como Bolsista. Tal participação não configura vínculo empregatício.
7.2.      Requisitos para vinculação ao curso:
§          Ter nacionalidade brasileira ou estrangeira com situação regular no País;
§          Estar quite com as obrigações eleitorais;
§          Estar quite com as obrigações militares, para os candidata/os do sexo masculino;
§          Disponibilidade de tempo para desenvolver atividades;
7.3               Documentos requeridos:
a)       Cópias do RG, CPF, Título de Eleitor com o certificado de votação na última eleição, Carteira de Trabalho, Certificado de Reservista (candidatos do sexo masculino) e comprovante de residência (conta de luz ou telefone);
b)       Cópias dos diplomas de Graduação e Pós-graduação (frente e verso) autenticadas em cartório;
c)       Currículo Lattes atualizado.


8.         DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

8.1       A Coordenação do Curso de Formação para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileiras poderá, a qualquer momento, determinar o cancelamento do pagamento do/a Professor/a Autor/a que não cumprir suas atribuições.
8.2       Os casos omissos serão resolvidos pela Coordenação do Curso de Formação para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileiras.
8.3       A constatação de quaisquer irregularidades na documentação implicará a desclassificação do/a candidata/o/a, a qualquer tempo, sem prejuízo das medidas legais cabíveis.
8.4       Em caso de desligamento do Professor/a Autor/a, será convocado/a o/a próximo candidata/o da ordem de classificação.


Salvador, 20 de julho de 2012.



PAULA CRISTINA DA SILVA BARRETO
Coordenadora do Programa A Cor da Bahia (FFCH/UFBA)


PROGRAMA A COR DA BAHIA
Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas
Estrada de São Lázaro, 197, Salvador – BA, CEP 40.210-730



[1] O objetivo de aprendizagem relaciona-se à habilidade/competência a ser desenvolvida pelo/a aluno/a a partir dos estudos na unidade/módulo.
Pesquisa personalizada
Se quiser, pode copiar e reproduzir os artigos aqui publicados, desde que sejam citadas a fonte e a autoria.